RESENHA: Mãe! (2017)

[Por Jarmeson de Lima]

Assistir a um filme de Darren Aronofsky é sempre uma experiência interessante. Bem ou mal, ele tem conseguido imprimir sua marca e suas fórmulas visuais na tela. E se você está cansado de ver historinhas simples sendo contada de uma forma convencional, tenha certeza de que “Mãe!” (Mother!) é o que você procura. Continuar lendo

RESENHA: Voice from the Stone (2017)

Em 1950, na região italiana da Toscana, o rico garoto Jakob (Edward Dring) fica traumatizado após a morte de sua mãe e deixa de falar. A jovem enfermeira Verena (Emilia Clarke, a Daenerys Targaryen de Game of Thrones) é chamada para cuidar dele. Aos poucos, ela conhece os segredos do pai da família (Marton Csokas) e do próprio Jakob. Verena, então, suspeita que os muros de pedra contêm forças malignas que se apoderaram da criança, e que agora tentam se apoderar dela também. Continuar lendo

EVENTO: Cineclube Toca o Terror – “Pazúcus” (Set/2017)

Pazúcus: A Ilha do Desarrego” é o mais novo filme de Gurcius Gewdner. É uma homenagem aos filmes de Lucio Fulci, Roger Corman, Frank Henenlotter, Andrzej Zulawski e Colin Eggleston. Este longa é a continuação de “Bom Dia Carlos” e prossegue com as desventuras trágicas de Carlos e seus amigos em um mundo de desespero, vômito e monstros profetizantes. A obra será exibida pela primeira vez no Recife no Cineclube Toca o Terror em sua edição mensal de setembro, no sábado (16), às 16h com entrada gratuita no auditório do MAMAM. Continuar lendo

RESENHA: IT – A Coisa (2017)

[Por Felipe Macedo]

As obras audiovisuais baseadas nos livros de Stephen King são sempre alvos de grandes expectativas e às vezes geram uma antipatia antecipada. Pior é que quase sempre essas previsões nefastas são acertadas. Filmes como “A Torre Negra” (2017) e a série “O Nevoeiro” (2017) são exemplos recentes disso. Com isso, o que poderíamos esperar dessa nova adaptação que fica centrado na infância dos protagonistas, deixando a conclusão para uma parte 2?

Continuar lendo

RESENHA: Death Note (2017)

[Por Felipe Macedo]

Hollywood sempre desejou adaptar mangás e animes de sucesso em live-action. Para desespero dos fãs, alguns foram realizados e o mais lembrado é a desgraça “Dragon Ball: Evolution” (EUA, 2009), onde a saga de Goku foi totalmente deturpada. “Death Note” é um desses mangás bem sucedidos mas que ficou por anos em estado de hibernação em vários estúdios, até que a Netflix adquiriu os direitos e anunciou a versão americana.

Continuar lendo

SÉRIE: O Nevoeiro (2017)

[Por Geraldo de Fraga]

As obras de Stephen King já deram origens a vários clássicos do cinema e da TV, mas na última década, pouquíssima coisa usando algo escrito pelo “mestre do horror” foi feita de relevante. Uma dessas pérolas é O Nevoeiro (The Mist), produção de 2007, que conseguiu a façanha de agradar crítica e público. A série inspirada no filme, porém, não alcança a mesma qualidade. Continuar lendo

DICA DA SEMANA: Christine: o Carro Assassino (1983)

[Por Geraldo de Fraga]

Quando eu li Christine fiquei impressionado como Stephen King tinha conseguido escrever uma história tão boa com uma tema tão bobo. Lançado em 1983, no início da década que seria o auge da carreira do “mestre do horror”, o livro mostra o jovem estudante Arnie Cunningham que, louco para comprar um carro, investe seu precioso dinheiro em uma velharia que ele encontra no quintal de um idoso esquisito que não hesita em vender o veículo. Continuar lendo