PODCAST: Ep. 02 – The Asylum (2ª Temporada)

Podcast “Toca o Terror” – 2ª Temporada – Episódio 02 – 28/06/2013
Com Bosco, Geraldo, Jarmeson e Queops.
#terror #dicas #filmes #cinema #mockbusters #tv #vhs #syfy #theasylum #trash

Uma análise sobre os “mockbusters” do cinema e em especial, das produções da The Asylum. Pra começar, o que são “mockbusters”? São aqueles filmes produzidos de forma precária na carona do roteiro de outras produções maiores e anteriormente anunciadas. Nesse ramo, a produtora norte-americana The Asylum se supera com uma série de produções “kibadas” ao longo dos últimos anos. Confira com a gente o que eles já fizeram.

5 comentários sobre “PODCAST: Ep. 02 – The Asylum (2ª Temporada)

  1. Maravilhoso! O melhor de vocês até agora, adorei o episódio. Confesso até que já conheço alguns dos filmes da Asylum, mas confesso também que nunca consegui assistir a um inteiro. Minha mulher mesmo, uns meses atrás, alugou na locadora do “Seu Torrent” o Abraham Lincoln Vs. Zombies achando que era o outro (e só descobriu quando deu de cara com a tosqueira). Também já nos deparamos com Transmorfers na locadora, mas não fomos tão fortes a ponto de levar o traste. Os outros, então, nem se fala. Às vezes assistimos partes dos SyFy Original Movies só pra rir.

    A questão que queria falar com vocês é que SIM, existe um grande público tanto Estadunidense quanto no resto do mundo para esse tipo de filme. Basta ver que existem produções “genéricas” de Vingadores, Rambo e etc. vindas da Turquia, Índia e por aí vai. Sempre haverá audiência para filmes ruins, da mesma maneira que existe, em certas parte do Brasil, um conhaque Dreiber extremamente parecido com o conhaque Dreher (com rótulo igual e tudo mais). E todos conhecemos vários produtos assim. As pessoas, em muitos dos casos, não apenas não se importam, como preferem o “imitação genérica” ao invés do original, mas tudo bem. Elas têm todo o direito disso. Liberdade de expressão e consumo tem dessas cosias, senão o que seriam da China e Paraguai? É por isso que nunca tiraria o direito de saírem filmes genéricos explicitamente baseados no original. Deixe que saiam, por piores que sejam. Todos têm o direito de aparecer, e estão aí o Axé, Funk e Sertanejo Universitário que não me deixam mentir (são todos movimentos musicais falsos criados a partir de originais).

    Se prestarmos atenção também, mesmo as grande produções de Hollywood caem nessa onda. Bastou sair Senhor dos Anéis e logo depois começaram a empurrar Narnia, Eragon e etc. Foi só Walking Dead começar a fazer sucesso e até Brad Pitt quis fazer um filme de zumbis. E todos filmes de grandes orçamentos. Originais? Claro que não. São apenas forma de se ganhar uma grana fácil sem precisar ser criativo, e modismos vivem disso em qualquer produto. Sempre foi assim. E dá-lhe conhaque ruim pra engolir isso tudo.

    No mais, obrigado pelo excelente cast. Estou ouvindo os antigos em retrocesso e curtindo bastante. Desculpem o comentário gigante. Terror na véia e abraço a todos. 8)

    Curtir

  2. Pingback: PREVIEW: Sharknado 2 | Toca o Terror

  3. Pingback: RESENHA: Sharknado 3 – Oh Hell No! (2015) | Toca o Terror

  4. Pingback: RESENHA: Sharknado – The 4th Awakens (2016) | Toca o Terror

  5. Pingback: DICA DA SEMANA: Humanoids From The Deep (1980) | Toca o Terror

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.