RESENHA: La Casa del Fin de Los Tiempos (2013)

LaCasaDelFinDeLosTiempos

Por Geraldo de Fraga

Se o mundo do cinema for justo, o nome de Alejandro Hidalgo será lembrado por muito tempo. Em seu longa de estreia, o diretor venezuelano é a personificação do ditado de que o talento supera qualquer adversidade. La Casa Del Fin De Los Tiempos (2013) é uma aula de como fazer cinema fantástico.

Uma história onde quase nada é o que parece ser é contada de maneira magistral. Quando começamos a acompanhar a saga de Dulce, que volta para casa após cumprir 30 anos de prisão pela morte do marido, temos a impressão de estarmos diante de um filme comum de casa mal-assombrada. Lá estão os vultos, os sons estranhos, mas como foi dito no começo desse parágrafo: quase nada é o que parece ser.

Alejandro Hidalgo tem várias surpresas em suas mangas a as solta no tempo certo. De fato, a história (quando os segredos são enfim revelados) não é algo inédito no cinema fantástico. Porém a forma como o diretor/roteirista conduz o enredo transforma La Casa Del Fin De Los Tiempos em uma obra única. Por isso, não dá para revelar mais nada do roteiro, pois o risco de estragar as surpresas é grande.

LaCasaDelFinDeLosTiempos1

Ruddy Rodríguez interpreta a protagonista e está muito bem no papel. O elenco não é espetacular, mas não compromete. O longa de Alejandro Hidalgo é o primeiro filme do gênero filmado na Venezuela e fez uma bela bilheteria em seu país. A fita rodou alguns festivais e arrebatou várias críticas positivas por onde passou.

La Casa Del Fin De Los Tiempos foi filmado com um orçamento limitadíssimo, o que é uma tendência nesses tipos de produções. Principalmente levando em consideração que é uma obra latino-americana. Mas, felizmente, parece que essas dificuldades financeiras fazem bem ao cinema de horror de hoje.

E também existe uma revolução cinematográfica em curso. Mar Negro (Brasil), La Casa Muda (Uruguai) e Juan de los Muertos (Cuba) são exemplos de que desse lado aqui do Atlântico tem gente boa querendo fazer cinema. E a julgar pela qualidade das produções de hoje, os hermanos estão chegando para ficar.

Nota: 8,0

Direção: Alejandro Hidalgo
Roteiro: Alejandro Hidalgo
Elenco: Rosmel Bustamante, Adriana Calzadilla, Simona Chirinos
Origem: Venezuela

2 comentários sobre “RESENHA: La Casa del Fin de Los Tiempos (2013)

  1. Não gostei. Pra mim terror que tem quer ser real, vir do real que já existe por ai. Esse realismo fantastico é muito chato e fica muito inverossimel acreditar.

    Curtir

  2. Dos citados só conhecia o Brasileiro (que não vi), e o remake yankee de La Casa Muda (que eu vi ‘-‘). Bom que a tecnologia atual supre a necessidade desses realizadores sem que exija muitos recursos financeiros.

    Curtir

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s