AGRADECIMENTOS: Sessão Toca o Terror no Janela de Cinema

Sessao-TOT_Janela-2015

[Por Queops Negronski]

Na última sexta-feira 13, pela segunda vez, o Toca o Terror teve o privilégio de ser parceiro em mais uma sessão no Janela Internacional de Cinema do Recife, um dos maiores festivais de cinema do país. Lembro que no ano passado, ao ir conversar com Kleber Mendonça Filho, cineasta e mentor do festival, fui com o coração na mão. Mentira, fui com todos os orgãos (todos se liquefazendo) na mão, tamanho era o nervosismo. Afinal, quem somos nós pra propor uma parceria para um dos maiores festivais de cinema do Brasil e cujo mentor já teve um de seus filmes pré-indicado ao Oscar?

Mas nós fomos e lá chegando, o homem nos chamou para um café, ouviu a proposta, disse “Sim” e nos deu os detalhes técnicos necessários para que tudo ocorresse da melhor maneira. E foi o que aconteceu! Tanto que, passado um ano, nos enchemos de coragem e perguntamos a Kleber se a parceria se repetiria… e ele disse “Sim” de novo e assim, começamos os “corres” para que os fãs do cinema de horror em Recife tivessem acesso novamente a uma ou várias obras legais exibidas em tela grande na cidade.

O martelo bateu para As Fábulas Negras, seguramente, o filme do gênero mais comentado no país em 2015. A antologia de horror cujos segmentos se baseiam em sua maioria em lendas do nosso folclore, dirigida por Rodrigo Aragão (Mangue Negro, A Noite do Chupacabras, entre outros), Petter Baiestorf (cineasta catarinense com mais de 150 filmes no currículo), Joel Caetano (diretor dos curtas Gato, Encosto, Judas…) e ele, o maior de todos nós: José Mojica Marins (que dispensa apresentações).

E mais vez tudo foi lindo. “As Fábulas Negras” consumou a segunda parceria entre o Toca o Terror e o Janela Internacional de Cinema do Recife, numa sessão onde vários rostos desconhecidos se somaram a outros tantos que reconhecemos das sessões do ano passado. Ele, o público, fiel e sedento de novidades do gênero, sorriu, se assustou, ficou apreensivo e não arredou o pé da sala. Ao final da exibição, ficou por perto, tomou café e comentou conosco o que tinham acabado de ver. E o que eles tinham acabado de ver foi uma obra guerrilheira com orçamento de R$ 180 mil com histórias bem-costuradas que reunia importantes nomes do terror nacional em seu escrete. Disse e repito: foi lindo.

Obrigado Kleber Mendonça Filho, Emilie Lesclaux e toda a equipe do Janela Internacional de Cinema do Recife, por mais uma vez acreditarem e nos dar suporte. Até o ano que vem (mas olha que ousadia desse povo do Toca o Terror!).

Agradecemos também a Rodrigo Aragão, Mayra Alarcón, Petter Baiestorf e Joel Caetano pela paciência, carinho e atenção que vocês dedicam a nós. Tamo junto e a comunidade agradece. Obrigado também aos companheiros do Toca o Terror pela abnegação e dedicação. Que venham novos tempos e desafios.

E por fim e por isso mesmo, o mais importante, obrigado a vocês, fãs e admiradores do gênero horror, sem vocês não somos nada. Sigamos em frente. 😉

Um comentário sobre “AGRADECIMENTOS: Sessão Toca o Terror no Janela de Cinema

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s