RESENHA: A Maldição da Floresta (2016)

a-maldicao-da-floresta-poster-nacional

[Por Geraldo de Fraga]

Quase um ano após ser lançado em circuito comercial nos EUA e na Europa, A Maldição da Floresta (The Hallow, 2015) chega aos cinemas brasileiros, num desses casos que é preciso alguma bruxaria para entender o que se passa na cabeça das distribuidoras. Enfim, o longa irlandês fez sucesso em vários festivais do gênero e ganhou um certo destaque entre as produções do ano passado.

the-hallow-still-1

Escrito e dirigido pelo estreante Corin Hardy, o filme se passa no interior da Irlanda, onde o arbologista Adam (Joseph Mawle) vive com sua esposa Clare (Bojana Novakovic) e seu filho bebê. Em suas pesquisas, Adam descobre um misterioso fungo nas árvores da floresta que fica atrás da sua casa. Floresta essa que, segundo os moradores da pequena cidade, é o lar de criaturas ancestrais e não deve ser maculada. O porta voz dessa revolta é Colm Donnely (Michael McElhatton), que vive avisando para ele parar seu trabalho e não irritar os bichos.

Baseado em várias lendas celtas, A Maldição da Floresta começa bem definido como uma versão bizarra de contos de fadas, mas depois muda completamente o tom quando a casa começa a ser atacada pelas criaturas. Para completar a desgraça, Adam acaba infectado pelo fungo. E ainda piora, quando o bebê vira o alvo dos monstros que querem pegá-lo a todo custo.

the-hallow3

A partir daí, a tensão aumenta na história, porém o suspense psicológico vai por água abaixo. Pode ser que essa mudança de tom agrade quem procure jumpscares e momentos de extrema tensão, mas o clima construído anteriormente era tão legal… Depois vira aquela correria que já estamos acostumados nesse tipo de produção. O elenco é bom, a maquiagem também, os efeitos nem tanto e, como falamos, o roteiro menos ainda. Fica difícil entender como esse filme acabou nos cinemas.

Direção: Corin Hardy
Roteiro: Corin Hardy e Felipe Marino
Elenco: Joseph Mawle, Bojana Novakovic e Michael McElhatton
Origem: Irlanda

Escala de tocância de terror:

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s