DVD: Manhunter – Caçador de Assassinos (1986)

[Por Osvaldo Neto]

Antes de Anthony Hopkins fazer Hannibal Lecter em O SILÊNCIO DOS INOCENTES e muito, mas muito antes do lançamento da série HANNIBAL com Mads Mikkelsen, o famoso personagem criado pelo autor Thomas Harris já havia surgido em um longa-metragem dirigido por ninguém menos que Michael Mann (FOGO CONTRA FOGO, COLATERAL). Trata-se de MANHUNTER – CAÇADOR DE ASSASSINOS, com produção de Dino de Laurentiis, que percebeu o grande potencial de Mann antes dele atingir maior fama.

O filme foi uma adaptação cinematográfica do livro DRAGÃO VERMELHO, que também chegaria a ser levado aos cinemas em 2002 com direção de Brett Ratner e Hopkins reprisando o papel pela terceira e, até então, última vez.

É uma experiência bem interessante assistir às duas versões e fazer comparações entre os aspectos que fazem esses dois filmes serem radicalmente diferentes entre si. Enquanto um é um ‘thriller’ policial que não tem o menor receio de ser frio, cru e sombrio, o outro tem seus momentos mas é decididamente um suspense mais convencional, feito de olho no grande público.

Basta observar a enorme importância e tempo de cena dado a Lecter dentro da história só porque ele está sendo novamente interpretado por Hopkins. Em MANHUNTER, o personagem deve ter – se muito – quase 10 minutos de participação no total de suas cenas.


O realismo do filme de Mann também está presente na própria apresentação de ‘Lecktor’, vivido aqui por um excelente Brian Cox. Percebam o quanto o sujeito pode ser manipulador em sua cena principal no filme, o reencontro com Will Graham (William Petersen), o agente do FBI que quase chegou a ser uma de suas vítimas e foi o responsável por sua prisão. É nela que o espectador nota que há um verdadeiro monstro por trás da aparente calma desse homem. Você bate o olho no Hannibal de Hopkins e sabe de imediato que o cara é um doido varrido.

Francis Dollarhyde (Tom Noonan), o “Fada dos Dentes”

Portanto, se você já assistiu a série HANNIBAL e os outros longas com esse famoso ‘serial killer’ do cinema, TV e literatura, corra atrás de MANHUNTER – CAÇADOR DE ASSASSINOS. Essa obra-prima do gênero encontrava-se fora de catálogo e voltou ao mercado de home video brasileiro através da Classicline em um lançamento exclusivo em parceria com a Livraria Cultura. As imagens utilizadas na resenha foram capturadas a partir desta nova edição.


O disco é simples, com outra opção de arte no verso da capinha e conteúdo extra se restringindo a uma galeria de fotos e posters, mas a cópia presente na edição é muito boa e remasterizada, preservando o aspecto original da fotografia e toda a classe e estilo empregados por Mann para contar essa história assustadora.

Outras capturas do DVD:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Brian Cox entrega um valioso detalhe sobre a sua atuação no filme nesta entrevista recente.

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.