DICA DA SEMANA: O Último Tubarão (1981)

[Por Felipe Macedo]

Desde a estreia de “Tubarão” que vemos uma série de filhotes e espécimes marítimas sendo arrastados para a tela do cinema em busca de sangue e audiência. Aproveitando a estreia de “Megatubarão” nesta semana, que assumidamente também bebe da fonte do clássico de Spielberg, vamos voltar um pouco no tempo onde o famoso vilão aquático era novidade e todos queriam “morder” um pouco dessa fama. Por muito tempo, os cineastas italianos foram mestres em refazer filmes americanos do seu jeito: com custo mínimo para ter o máximo de lucro. “O Último Tubarão” faz parte desse maravilhoso movimento.

A trama acompanha um escritor e sua família que moram numa cidade litorânea paradisíaca que tem a paz ameaçada pela figura de um grande tubarão branco que teima em devorar quem entra no mar. E logo em alta estação e na semana do torneiro de regata! Na mesma época em que um ambicioso homem tenta o cargo de prefeito do local!

Sem apoio das autoridades, o escritor se une a um experiente pescador na caça da fera antes que seja tarde demais. Notou as similaridades com a famosa obra? Calma que tem mais: o nome do protagonista é Peter Benton, qualquer similaridade com Peter Benchey, autor do livro que deu origem à produção famosa. E claro, o personagem do pescador é uma cópia carbono do Quint original. Não à toa, o filme foi processado por plágio pela Universal e foi retirado dos cinemas americanos. Isso quer dizer que o filme é ruim? De jeito nenhum. O longa consegue ser mais divertido até do que as sequências oficiais.

A direção é boa e causa até certa tensão nas cenas de ataque e ainda fazendo milagre com o roteiro carbono, tentando dar identidade para a produção. Tal qual seu irmão famoso, esse tem cenas de tubarões reais e a utilização de um robô para as cenas com atores, deixando claro que não consegue atingir o mesmo nível. A trilha sonora também merece destaque e consegue auxiliar nas cenas de tensão.

Conhecido por outros títulos por distribuidoras diversas, “O Último Tubarão” é um divertimento descompromissado que entrega o que o público espera. Como é curto, num piscar de olhos ele termina sem causar cansaço para quem assiste. Vale lembrar que na década de 80 e 90 foi figura presente na Sessão das 10 do SBT sendo com certeza lembrado com carinho por quem o assistiu. O filme encontra-se completo no Youtube mas sem legenda.

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.