DICA DA SEMANA: Caso 39 (2009)

[Por Gabriela Alcântara]

A produção de elenco é uma das mais importantes dentro do cinema, podendo ser a responsável inclusive pelo sucesso ou fracasso de um filme. E é justamente a má escolha do elenco um dos principais motivos para que Caso 39 não seja exatamente o filme que poderia ser.

Dirigido por Christian Alvart e estrelado por Renée Zellweger (Emily Jenkins) e Jodelle Ferland (Lilith Sullivan), o filme conta a história de Emily, uma assistente social dos Estados Unidos que, ao tentar ajudar a pequena Lilith, acaba por levar o inferno pra dentro de sua casa.

Particularmente eu até gosto de Zellweger, mas infelizmente o filme mostra que cinema de terror não é o caminho certo pra ela. Com sua voz suave e fofa e sua personalidade e corporalidade extremamente minimalistas, ela acaba por não dar o peso necessário a certas cenas mais tensas. Por sua vez, a jovem Jodelle faz um contraponto, e acaba sustentando o filme.

Acontece que Lilith na realidade não é exatamente a criança fofinha que demonstrara ser, e à medida em que isso vai se tornando evidente, Emily se vê aprisionada e abrigando uma filhotinha de capiroto em sua própria casa. O desenvolvimento da trama é bem amarrado, com um suspense crescente ao longo do filme. Os indícios e pistas são entregues ao espectador desde o momento em que conhecemos Lilith e sua família.

O filme já tem quase 10 anos, e segue a mesma linha que A Órfã, de Jaume Collet-Serra, mas infelizmente não envelheceu tão bem quanto seu contemporâneo, o qual continua a me dar alguns calafrios. Entretanto, caso seu nível de exigências não esteja tão alto, ele segue como um bom filme, especialmente se você gosta de filmes com crianças maléficas assim como eu.

A pequena Lilith realmente nos engana de início, e é interessante também a forma como ela ataca suas vítimas. O roteiro cumpre com a ativação de chaves clássicas da linha dos filmes de crianças malditas e o resultado final é tecnicamente eficiente por assim dizer, mas não surpreende. “Caso 39” encontra-se disponível na Netflix para quem estiver afim de assistir neste final de semana.

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.