DICA DA SEMANA: I Drink Your Blood (1970)

[Por Jarmeson de Lima]

Hippies satanistas saem andando pelas brenhas dos Estados Unidos se divertindo ao seu modo. Chegam em uma cidade semi-abandonada e de forma inconsequente maltratam um idoso do local. Como vingança, o neto pega sangue de um cão com Raiva e joga na comida dos hippies. Em pouco tempo, eles ficam transtornados e violentos querendo matar uns aos outros. É mole ou quer mais?

Esse é só um breve resumo de “I Drink Your Blood“, filme mega ultra underground dirigido e roteirizado por David E. Durston, que em sua carreira fez só alguns exploitations nos anos 70. Com cenas de pouca produção e notórias restrições orçamentárias, “I Drink Your Blood” se destaca pela bizarrice do roteiro e, claro, pelas cenas que flertam com o insano e o risível.

O título original da parada seria “Phobia“, um nome meio genérico que faria o filme passar batido, até que um distribuidor sugeriu mudar para este que conhecemos. Desculpem pelo spoiler, mas é daqueles títulos que enganam o espectador por não ter ninguém bebendo sangue de fato. Foi só aquela sacadinha para apresentar o filme numa dobradinha junto da produção “I Eat Your Skin“, lançado alguns anos antes.

O filme transborda aquele desbunde típico da contracultura norte-americana com personagens que saíram de uma bad trip de Woodstock com direito a um índio e uma gueixa. Devido a cenas de nudez e aparentes maltratos a animais, o filme quase chegou à classificação X, mas acabou ficando com o famigerado Rated-R.

Se numa primeira parte temos uma gratuidade de cenas regadas a sexo e LSD, a segunda metade é feita de violência e mortes com os hippies raivosos agindo como zumbis. E em cada uma dessas partes esteja preparado para ver atuações canastríssimas e uma edição feita na doida pra esconder as limitações do filme, que tem uma fotografia que parece mais envelhecida do que é.

Mas com tantas ressalvas essa seria uma boa dica? Sim! Essa atmosfera suja e o roteiro onde qualquer coisa pode acontecer, transforma “I Drink Your Blood” numa experiência inenarrável. Pra sua delícia, esta bagaceira está completa no YouTube.

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.