SÉRIE: Stranger Things – 3ª Temporada (2019)

[Por Felipe Macedo]

Depois de um hiato de dois anos, Stranger Things retorna para sua esperada terceira temporada. Aventuras e caos esperam os adorados personagens, mas será que a série continua tendo fôlego ou já está na hora do mundo invertido tomar conta de tudo e acabar de uma vez com a série?

Nesta temporada a trama continua meses depois dos eventos da saga anterior. O primeiro episódio é focado em mostrar como os personagens se comportaram nesse tempo trazendo novas dinâmicas entre eles. O arco mais importante fica por conta de Eleven e Max, que iniciam uma verdadeira amizade onde transparece a força do empoderamento feminino. Claro que o antagonista é logo apresentado e se inicia lentamente um reino de terror que envolverá a todos numa corrida pela sobrevivência no decorrer dos próximos capítulos.

Uma coisa que me agradou bastante é que Will não é mais o centro das atenções, dando oportunidade para que outros ocupem esse lugar. Essa mudança evita repetições e dá uma pausa para o coitado que já sofreu muito. Apesar que acho que ele sofrerá mais em temporadas futuras. A história aqui vem recortada em vários núcleos que eventualmente se esbarrarão perto do clímax.

Os demais personagens continuam carismáticos e queridos, enquanto os novos que se destacam são: Erica, irmã de Lucas (que apareceu rapidamente na temporada 2, mas que aqui tem um destaque bem maior) e Robin, colega de trabalho de Steve (ela cresce e aparece no decorrer da narrativa).

Alguns dos maiores chamarizes da série, além da nostalgia, são as referências a obras antigas. Quem é mesmo fã de terror já sabe que pode esbarrar em referências e homenagens. Nesta temporada aparecem alusões a Halloween II – O Pesadelo Continua (1981), Invasores de Corpos (1956), A Bolha Assassina (1986) e muitos outros. A trilha sonora com o uso de sintetizadores é muito charmosa, além dos hits da época como Like a Virgin usada em situações bem inesperadas.

Continuamos a notar que a série se apoia muito no carisma dos personagens e as já ditas referências. Ou seja, a cada cena já dá pra imaginar o que vem a seguir. Por isso me surpreendi poucas vezes no seu decorrer. Mas isso é ruim? Não, mas eu acho que um pouco mais de peso nas ações dos personagens faria um bem maior.

Essa terceira temporada de Stranger Things diverte e tira a saudade dos nossos queridos personagens em oito episódios, mas fica a impressão que poderia ser maior. O legal é que a série já indica que está caminhando para um final, evitando o desgaste das tramas que se estendem demais. Uma sessão pipoca bacana, com poucos momentos gore.

Escala de tocância de terror:

Um comentário sobre “SÉRIE: Stranger Things – 3ª Temporada (2019)

  1. Pingback: RESENHA: Histórias Assustadoras Para Contar no Escuro (2019) | Toca o Terror

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.