DICA DA SEMANA: The Whisperer in Darkness (2011)

[Por Geraldo de Fraga]

Durante a gravação do nosso programa de rádio sobre H.P. Lovecraft (que você ouvirá em breve na Frei Caneca FM), debatemos se o autor norte americano é um dos mais adaptados para o cinema. A discussão foi intensa.

Chegamos a conclusão que ele é sim muito adaptado, mas nem sempre com muita fidelidade. Por causa do tamanhos curtos de seus contos e da complexidade das histórias, a obra de Lovecraft sempre sofre alguma alteração: seja para alongar a trama ou para simplificá-la.

Pensando em produzir um filme extremamente fiel ao material original, a organização H. P. Lovecraft Historical Society decidiu produzir alguns filmes, longe dos grandes estúdios, já para manter o controle das produções. Em 2005, realizaram o curta The Call of Cthulhu, uma magnífica adaptação desse conto, emulando o cinema mudo dos anos 1920.

Já em 2011, eles resolveram dar um passo adiante e adaptaram, em um longa metragem, a história Um Sussurro nas Trevas. Segue a sinopse: Após as grandes enchentes de Vermont, em 1927, quando surgiram histórias sobre cadáveres de animais desconhecidos boiando nas águas, o acadêmico Albert N. Wilmarth tenta vincular os relatos às crenças populares da região. Então entra em cena Henry Wentworth Akeley, um folclorista que acredita na existência de cultos secretos e criaturas inumanas nas colinas.

O filme, que também é uma homenagem aos longas de horror dos anos 1930, é uma adaptação perfeita e vale para todo mundo que se interessa pela obra do escritor. Alguma alma caridosa postou no YouTube, legendado em português. Aproveite!

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.