DICA DA SEMANA: Campo 731: Bactérias, a Maldade Humana (1988)

[Por Geraldo de Fraga]

Você vai ver as atrocidades sem limites contra seres humanos. O depoimento de um sobrevivente do terrível campo de prisioneiros chineses durante a ocupação japonesa. Um segredo guardado durante anos. Bactérias de diversas doenças letais são injetadas nos seres humanos. Crianças e fetos são usados como cobaias das mais atrozes experiências. Milhares de Chineses sucumbiram no campo da morte da forma mais hedionda. Os que sobraram e testemunharam o horror do campo jamais poderão ser os mesmos.”

Essa beleza de sinopse é um dos vários textos sensacionalistas encontrados na internet sobre o filme Hei tai yang 731 (Men Behind the Sun em inglês) e que saiu aqui no Brasil como Campo 731: Bactérias, a Maldade Humana. Lembro que a primeira vez que tive conhecimento dessa obra foi em uma lista que dos que seriam os “10 melhores filmes de horror da história, segundo a revista Times”. Procurei essa lista antes de escrever essa dica, mas não achei. (Fake News?!)

Enfim, passei um bom tempo curioso para conferir essa pérola. É o típico caso em que a fama precede o filme. Tem tosqueira? Tem. Muita. Algumas autópsias filmadas são feitas com cadáveres de verdade. Diz a lenda que na cena do gato, o bichano foi devorado vivo e esse fato causou uma grande comoção entre os amantes dos animais. Os produtores negam até hoje. Detalhe é que também tem uma cena em que ratos são incendiados, essa sim fica claro que é real, e ninguém reclamou. Rato que se foda.

O que me faz indicar Campo 731: Bactérias, a Maldade Humana não é o seu valor técnico e sim histórico. Primeiro que é o único filme que fala desse capítulo desgraçado da história da humanidade, pois sim, esse campo de concentração realmente existiu e várias das atrocidades retratadas na tela aconteceram de verdade. Também é interessante ver como esse longa foi usado como propaganda política pela China contra o Japão, inclusive até hoje os dois países não se dão muito bem pelo que aconteceu na II Guerra Mundial.

Se você tem estômago forte, vale a pena. Tem completo e legendado no YouTube.

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.