DICA DA SEMANA: A Hora do Lobisomem (1985)

[Por Felipe Macedo]

O mito do lobisomem é praticamente universal, existindo histórias sobre a mítica criatura em quase todos cantos do globo. Além da beleza natural de uma lua cheia, a criatura é cercada de mistérios e esse lado mais sombrio serviu de base para um romance curto de Stephen King e que como quase tudo do autor, “Silver Bullet” virou filme tempos depois que foi repetido à exaustão no SBT sob o título de “A Hora do Lobisomem”.
Continuar lendo

RESENHA: Deep Blue Sea 2 (2018)

[Por Felipe Macedo]

Queira ou não, os tubarões estão novamente em evidência. Seja pelo entretenimento como por exemplo o lançamento do trailer de Megatubarão (2018) ou pelo lado jornalístico que relata o ataque mais recente que ocorreu neste último domingo na praia de Piedade. Aproveitando a onda (oeee!), nada melhor do que falar dessa sequência de Do Fundo do Mar, realizada quase 20 anos após o original estrelado por Samuel L. Jackson. Continuar lendo

RESENHA: Veronica (2017)


[Por Jarmeson de Lima]

O cinema de horror espanhol, como bem sabemos, produz filmes acima da média com temáticas obscuras, conflitos espirituais e bastante criatividade. Desta vez, Paco Plaza, co-criador de [rec] aparece para o mundo com Veronica, obra disponível na Netflix e que já foi apontado por alguns como o filme mais assustador da plataforma. Ok, ele é bom, mas vamos com calma. Continuar lendo

RESENHA: Um Lugar Silencioso (2018)


[Por Geraldo de Fraga]

No mainstream do cinema de terror atual, não é segredo para ninguém que o som assusta mais do que qualquer aparição na tela. Sem o famoso “PAM” saindo das caixas dos multiplexes, poucas produções de Hollywood se sustentam e conseguem fazer os espectadores saírem da sessão com o coração na boca e satisfeitos pelos solavancos que receberam. Continuar lendo

RESENHA: Aniquilação (2018)



[Por Jarmeson de Lima]

Eis que vemos a Netflix apostando mais uma vez em uma produção de ficção científica. Apesar de ter estreado em território nacional na polêmica plataforma de streaming, o destino de “Aniquilação” (Annihilation) era mesmo o cinema. Os cenários psicodélicos com plantas e criaturas estranhas com mutações lovecraftianas combinariam bem com as telas gigantes em que nos habituamos a ver tais produções. Continuar lendo

RESENHA: Medo Profundo (2017)

[Por Felipe Macedo]

Os filmes com tubarão voltaram com tudo com o sucesso estrondoso da franquia Sharknado (ok, não vou entrar no mérito qualidade). Pois bem, já falei que os tutubas fizeram as pazes com o público e crítica com o bom “Águas Rasas” (2016) que foi seguido agora por “Medo Profundo” (47 Meters Down) (2017), que tem o elenco encabeçado pela cantora e ex-atriz teen Mandy Moore.
Continuar lendo

RESENHA: Motorrad (2018)

[Por Felipe Macedo]

Não é tão comum ter um filme de terror produzido no nosso país e que tenha uma grande distribuição vinda de uma major, nesse caso, a Warner. O exemplo nesse caso é o slasher Motorrad, que estreou nos cinemas recentemente com a proposta de ser algo diferente feito nesse sub-gênero e de quebra dar uma guinada na produção de filmes de terror tupiniquins com grande alcance do público geral, não ficando restrito a festivais do gênero. Continuar lendo