DVD: Manhunter – Caçador de Assassinos (1986)

[Por Osvaldo Neto]

Antes de Anthony Hopkins fazer Hannibal Lecter em O SILÊNCIO DOS INOCENTES e muito, mas muito antes do lançamento da série HANNIBAL com Mads Mikkelsen, o famoso personagem criado pelo autor Thomas Harris já havia surgido em um longa-metragem dirigido por ninguém menos que Michael Mann (FOGO CONTRA FOGO, COLATERAL). Trata-se de MANHUNTER – CAÇADOR DE ASSASSINOS, com produção de Dino de Laurentiis, que percebeu o grande potencial de Mann antes dele atingir maior fama. Continuar lendo

DICA DA SEMANA: Os Demônios da Noite (1995)

[Por Osvaldo Neto]

Foi no ano de 1989 que uma série de TV da HBO deu um gás sem tamanho na popularização do nosso gênero favorito. Intitulada CONTOS DA CRIPTA e baseada nos quadrinhos da EC Comics, ela foi produzida por gigantes como Walter Hill, Richard Donner, Robert Zemeckis e Joel Silver. Apresentada por uma inesquecível representação do ‘The Crypt Keeper’ com a voz do ator John Kassir, os seus episódios tinham cerca de meia hora cada e costumavam sempre contar com atores e diretores famosos em histórias que não se prendiam às limitações dos canais abertos nos quesitos nudez, sexo, palavrões e violência gráfica. Continuar lendo

RESENHA: O Corpo (2015)

[Por Osvaldo Neto]

Algo que me chateia – e muito – são os filmes inflados, tanto em ritmo quanto pelos momentos repetitivos, apenas enchendo a boa e velha linguiça e o saco do espectador. Mas, por enquanto, vamos deixar os filmes “de arte” e esses blockbusters recentes que devem ter aumentado a incidência de cãibras e de dores nas nádegas e coluna no mundo inteiro de lado para falar do que importa aqui nesse blog.

Continuar lendo

DVD: Digipack “Coleção O Homem Invisível”

[Por Osvaldo Neto]

A Classicline é uma distribuidora de home video especializada em cinema clássico com mais de uma década de existência e atividade. Mensalmente, temos lançamentos e relançamentos de filmes que se encontravam ausentes das lojas físicas e virtuais – sejam lançados antes por eles ou outras empresas – assim como produções esquecidas que ganham uma nova vida no mercado. Continuar lendo

DICA DA SEMANA: “O Cadáver Desaparecido” (1942)

[Por Osvaldo Neto]

Você tem menos de uma hora e meia para assistir a um filme e quer simplesmente se divertir? Nesse sentido, não há como se desapontar com os ‘quickies‘ que Bela Lugosi fez nos anos 40. O ator que encarnou um dos Dráculas mais memoráveis do cinema se viu envolvido com o estúdio Monogram, uma máquina de fazer filmes B, quando sua carreira estava em franca decadência. Bons e velhos tempos do ‘Poverty Row‘. Continuar lendo

DVD: “Cinema Trash” – Jess Franco

[Por Osvaldo Neto]

CINEMA TRASH – JESS FRANCO é um dos últimos lançamentos da Obras-Primas do Cinema, que se destacou ao longo do ano no mercado nacional de home video, sempre trazendo ótimos lançamentos em DVD para o colecionador exigente.  A empresa tem feito a alegria dos fãs de cinema de gênero (em especial, os de horror) lançando pérolas que dificilmente ganhariam essas edições especiais e recheadas de conteúdo extra por parte de alguma outra distribuidora. Continuar lendo

DICA DA SEMANA: O Círculo do Diabo (1961)

[Por Osvaldo Neto]

A influência da série “Além da Imaginação” no cinema, televisão e na cultura pop como um todo é indiscutível. Talvez possamos dizer que O CÍRCULO DO DIABO (The Devil’s Hand, filmado em 1959 e lançado em 1961) seja um dos primeiros casos onde algumas características que até então eram bem presentes neste clássico da TV criado por Rod Serling seriam observadas em algo produzido para outra mídia. Continuar lendo

DICA DA SEMANA: The Last Heist (2016)

[Por Osvaldo Neto]

Se tem um diretor norte-americano que merecia ser mais conhecido do público que adora um filme de terror, esse sujeito é o Mike Mendez. Ele tem entregue produções genuinamente divertidas e interessantes do gênero. Outros realizadores poderiam se mostrar chateados por apenas serem conhecidos como ‘um diretor de terror’ mas não foi o caso de Mendez, que realizou longas como “The Convent” (2000, inédito no Brasil), “Carta para a Morte” (The Gravedancers, 2006) e “Maldita Aranha Gigante” (Big Ass Spider, 2013). Continuar lendo