DICA DA SEMANA: Eu Enterro os Vivos (1958)

[Por Osvaldo Neto]

Robert Kraft (Richard Boone), um homem bem sucedido, recebe a tarefa de cuidar do cemitério da cidade, que é administrado pela sua família, também dona de uma grande loja local de departamentos. Enquanto não arranja um substituto, ele recebe a assistência de Andy McKee (Theodore Bikel, roubando cenas), um antigo funcionário que trabalha no local há 40 anos e irá se aposentar. É quando Robert se depara com um enorme mapa no escritório que contém todos as sepulturas, as ocupadas (marcadas por alfinetes pretos) e desocupadas (marcadas por alfinetes brancos). Continuar lendo

EVENTO: CINECLUBE TOCA O TERROR DE NATAL – DEZ/2017

CINECLUBE TOCA O TERROR COMEMORA O NATAL COM SCI-FI DE OUTRO PLANETA

Contrastando com o período natalino, o Cineclube Toca o Terror tradicionalmente realiza uma sessão de filmes que remetem à data festiva em cada mês de dezembro com um toque a mais de anarquia. Neste fim de ano, o Cineclube exibe no dia 16 de dezembro às 16h, no Auditório do MAMAM o filme “Papai Noel Conquista os Marcianos“, produção de 1964 famosa por já ter sido eleita como um dos piores filmes de todos os tempos de acordo com o IMDB. Continuar lendo

DICA DA SEMANA: O Círculo do Diabo (1961)

[Por Osvaldo Neto]

A influência da série “Além da Imaginação” no cinema, televisão e na cultura pop como um todo é indiscutível. Talvez possamos dizer que O CÍRCULO DO DIABO (The Devil’s Hand, filmado em 1959 e lançado em 1961) seja um dos primeiros casos onde algumas características que até então eram bem presentes neste clássico da TV criado por Rod Serling seriam observadas em algo produzido para outra mídia. Continuar lendo

DICA DA SEMANA: O Ataque dos Vermes Malditos (1990)

[Por Geraldo de Fraga]

O Ataque dos Vermes Malditos (Tremors) não vai nunca figurar em uma lista de melhores filmes de terror/ficção científica, mas tem um lugar no coração de todo fã do gênero. Clássico do Cinema em Casa e da Sessão da Tarde, o longa tem um roteiro típico de filme B (monstros atacando uma cidadezinha longe de tudo) e traz de herança todos os clichês da década de 1980, que tanto amamos. Continuar lendo

POLÊMICA: Colorizado ou P&B

Você sabia… que colorizaram “Plano 9 do Espaço Sideral” de Ed Wood?
E a produtora que fez isso ainda fez a “correção de cor” de “A Pequena Loja dos Horrores”, “A Noite dos Mortos Vivos” e outros Filmes-B dos anos 50 e 60. Que acham? É válido o trabalho da Legend Films? Ou é uma blasfêmia? Opinem…