RESENHA: O Farol (2019)

[Por Rodrigo Rigaud]*

Após A Bruxa, difícil resistir a lançar holofotes sobre o novo longa de Robert Eggers – ainda o segundo de sua carreira. Para quem mergulhou no universo de isolamento, fanatismo, loucura e fantasia – um horror, de fato – de seu filme debut, O Farol (The Lighthouse) poderá soar como um naufrágio na potência de seu cinema. Continuar lendo

RESENHA: Hereditário (2018)

[Por Jarmeson de Lima]

O problema maior que filmes como “Hereditário” sofrem hoje em dia é a grande expectativa criada em torno deles. Sabem como é… antes do lançamento oficial gera-se um burburinho mundo afora, a coisa cresce de volume e quando cai nos cinemas brasileiros, metade do público já vai achando que é o melhor filme de terror da década, conforme alguns sites e críticos afirmam. Some-se isso a uns eventos ocorridos como o trailer exibido inadvertidamente em uma sessão infantil na Australia para causar mais rebuliço… Continuar lendo

RESENHA: A Bruxa (2016)

the-witch-final-poster

[Por Geraldo de Fraga]

Vários elementos contribuem para o sucesso de A Bruxa (The VVitch), mas vamos começar falando do teor religioso que permeia toda a história. Após um desentendimento com a igreja local, William (Ralph Ineson) e Katherine (Kate Dickie) são forçados a abandonar a pequena vila onde vivem e partem sem rumo à procura de um novo lar, com cinco filhos, sendo um deles um bebê recém nascido. Nunca ficamos sabendo o que de fato aconteceu, mas a questão é que esse ocorrido não abalou a fé da família, que segue temente a Deus, inclusive, com um fanatismo exacerbado. Continuar lendo

RESENHA: Byzantium (2012)

byzantium-posterPor Júlio César Carvalho

Após 18 anos da estreia de Entrevista Com o Vampiro, Neil Jordan está de volta ao gênero e escolhe uma espécie de reinvenção dos tão famosos vampiros. O longa é adaptado a partir da peça teatral A Vampire Story da escritora Moira Buffini que também assina o roteiro. Apesar de ter sido produzido em 2012 e a partir daí exibido mundo a fora, Byzantium ainda está para estrear no país… com um atraso de pouco mais de 2 anos!  Continuar lendo