RESENHA: O Predador (2018)

[Por Felipe Macedo]

A atual moda de revisitar clássicos do passado, dessa vez toma a forma de um ameaçador vilão espacial e nos convida a relembrar como a série “O Predador”. Embora este novo filme não seja um reboot e sim uma seqüência que não ignora os anteriores, a intenção dos realizadores é mostrar para nova geração o poderio do cara de caranguejo, que recentemente saiu na porrada com o elenco do game Mortal Kombat X e que outrora reencontrou um certo inimigo xenomorfo . Continuar lendo

RESENHA: Deep Blue Sea 2 (2018)

[Por Felipe Macedo]

Queira ou não, os tubarões estão novamente em evidência. Seja pelo entretenimento como por exemplo o lançamento do trailer de Megatubarão (2018) ou pelo lado jornalístico que relata o ataque mais recente que ocorreu neste último domingo na praia de Piedade. Aproveitando a onda (oeee!), nada melhor do que falar dessa sequência de Do Fundo do Mar, realizada quase 20 anos após o original estrelado por Samuel L. Jackson. Continuar lendo

RESENHA: Além da Morte (2017)

[Por Jota Bosco]

Nos longínquos anos 80 e 90 existia um diretor que fazia filmes bem interessantes com atores que estavam começando a despontar. O nome dele é Joel Schumacher. “Os Garotos Perdidos“, “O Primeiro Ano do Resto das Nossas Vidas” e “Linha Mortal“, que agora sofre um remake chamado “Além da Morte”, são alguns desses filmes. Infelizmente ele será lembrado como “o cara que estragou a única franquia que prestava de Batman por ter colocado mamilos em seu traje”. Mas vamos ao que interessa… Continuar lendo

RESENHA: O Chamado 3 (2017)

cartaz_chamado3

[Por Osvaldo Neto]

A Paramount topou ressuscitar Samara Morgan mais de 11 anos depois do lançamento de “O Chamado 2” em 2005.  Sendo que ao invés de entrar em cartaz com o título original “Chamados” (Rings), que fora anunciado anteriormente pela distribuidora, o terceiro filme da franquia norte-americana ganha as telas de cinema de todo o Brasil como “O Chamado 3”.   Continuar lendo

RESENHA: Bruxa de Blair (2016)

blair-witch-cartaz

[Por Felipe Macedo]

“A Bruxa de Blair” foi indiscutivelmente um marco para o cinema de horror do final dos anos 90, dando um novo fôlego para o subgênero found-footage. O sucesso foi tanto que gerou inúmeros clones e uma sequência bem canastrona. Anos depois, surge um novo filme, que é uma continuação dos eventos do primeiro filme e ignorando a malfadada parte 2 com seu “Livro das Sombras”. Continuar lendo

RESENHA: Martyrs (2016)

[Por Geraldo de Fraga]

A velha lógica do mercado americano de se refilmar longas estrangeiros fez mais uma vítima. Martyrs (2016), remake do francês de 2008, é a mais recente obra a ser destroçada na terra do Tio Sam. Dirigido pelos irmãos Kevin e Michael Goetz, o filme entra fácil na lista de piores refilmagens da história do cinema. Continuar lendo

RESENHA: The Town That Dreaded Sundown (2014)

tumblr_ni0wusI1VY1s49vg7o1_540Por Jota Bosco

“Affffffffffffffffff… lá vem mais um remake!” Calma lá! Não é bem assim…

Em 1976, 30 após os misteriosos assassinatos que deixaram os moradores da pequena Texarcana em pânico, chegou aos cinemas americanos um ótimo filme chamado The Town That Dreaded Sundown. A obra do diretor Charles B. Pierce com seu roteiro bem amarrado, forte e violento, serviu de inspiração para famosos serial killers do cinema como nosso querido Jason Vorhees. 65 anos depois dos reais assassinatos… o encapuzado “Phantom Killer” volta a atacar em um filme do diretor Alfonso Gomez-Rejon (American Horror Story). Continuar lendo

TRAILER: Poltergeist (2015)

Enfim saiu o trailer do remake de Poltergeist. Dirigido por Gil Kenan, que fez “A Casa Monstro” e “City of Ember”, a refilmagem do clássico de Tobe Hooper tem classificação PG-13 (ou seja… não espere nada muito ousado) e tem a primeira previsão de estreia nos cinemas brasileiros para 30 de julho deste ano.

RESENHA: Viy 3D (2014)

ByOc3t6IMAAKol2Por Geraldo de Fraga

A onda de remakes, tão popular na indústria americana, parece ter contagiado outro país. Em 2014, foi a vez da Rússia refilmar um dos seus maiores clássicos do cinema fantástico. Viy – A Lenda do Monstro, filme de 1967, dirigido por Konstantin Ershov e Georgi Kropachyov, ganhou uma nova roupagem com ares de megaprodução e com direito até à tecnologia 3D. Continuar lendo