RESENHA: O Silêncio (2019)

[Por Felipe Macedo]

A Netflix ataca mais uma vez. Agora é com uma nova produção de terror que surfa na onda de sucesso de “Um Lugar Silencioso” lançado há um ano atrás. “O Silêncio” (The Silence) também tem criaturas que caçam tudo que se mexe através do som emitido por elas. Ou seja, tá todo mundo caladinho por aqui também. Mas será que o serviço de streaming entregou uma obra tão boa quanto a do filme famoso? Isso é o que iremos descobrir a seguir. Continuar lendo

RESENHA: A Maldição da Chorona (2019)

[Por Jarmeson de Lima]

Vou direto ao ponto… faz tempo que não via um filme tão enfadonho e medíocre como “A Maldição da Chorona“. É o sinal de que a fórmula de copiar e colar os clichês da Blumhouse não estão mais surtindo os efeitos que deveriam. Até o visual da Chorona se parece com o da Freira para tentar pegar uma lasquinha do sucesso da antecessora. Por isso é que me espantaria muito se isso vier a fazer sucesso. Continuar lendo

RESENHA: Nós (2019)

[Por Felipe Macedo]

Em 2017, Corra! foi um grande sucesso de público e crítica, chegando a ganhar um Oscar no ano seguinte e lançando seu realizador Jordan Peele ao estrelato. Não demorou pra elegerem ele como o novo rei do terror. Pouco depois que foi anunciado seu novo projeto “Nós”, ele veio cercado de mistérios e expectativas. O trailer dessa produção foi bastante promissor, mas trailers enganam, certo? Na maioria das vezes sim. Mas nesse caso já adianto que não foi propaganda enganosa. Estamos diante de um filmão. Peele acertou novamente.
Continuar lendo

RESENHA: Maligno (2019)

[Por Felipe Macedo]

Filmes com crianças malvadas existem a rodo. E há um bom tempo quando é anunciado um novo com essa temática, é de se esperar uma certa desconfiança. Ainda mais quando é algo mainstream. “Maligno”, já adianto, não foge à regra e é uma colcha de retalhos de outras produções famosas, conforme vou dizer mais na frente. Não é essa bomba como muitos podem imaginar. Para quem não se importa com o cinemão pipoca, esse longa vai lhe divertir ao ver as maldades de Miles e as desventuras de seus pais. Continuar lendo

DICA DA SEMANA: The Mindscape of Alan Moore (2005)

[Por Geraldo de Fraga]

Falar de Alan Moore pra mim é fácil. O cara escreveu A Voz do Fogo, um dos meus livros de cabeceira, o homem repaginou as histórias do Monstro do Pântano, transformando o personagem em um dos maiores ícones dos quadrinhos de terror e o cidadão também criou ninguém menos que John Constantine. Esse inglês ainda juntou vários clássicos do horror e inúmeras referências do gênero para montar A Liga Extraordinária. Continuar lendo

RESENHA: Vidro (2019)

[Por Jarmeson de Lima]

Assim como os demais filmes deste universo narrativo, “Vidro” (Glass) não é uma história comum. Enveredando mais uma vez pelo universo semiótico dos quadrihos, M. Night Shyamalan desenvolve aqui uma história intrigante sobre os personagens que criou. Mas diferente de “Fragmentado” (Split), o foco neste longa recém-lançado foge um pouco do horror em si. Continuar lendo

RESENHA: Diário de Horrores (2017)

[Por Felipe Macedo]

Outubro é conhecido como o mês do terror por conta do Halloween, vulgo “Dia das Bruxas”. Sabendo disso, produtoras inundam cinemas, Tv, games e outras mídias de conteúdo desse tipo. Com Michael Myers de volta aos cinemas, a Netflix soltou uma chuva de filmes e séries do gênero, incluindo aqui “Diario de Horrores” (Creeped Out), produção da BBC e adquirida para distribuição mundial pela gigante do streaming. Continuar lendo

RESENHA: Halloween (2018)

[Por Osvaldo Neto]

HALLOWEEN faz parte de uma tendência estranha no atual cinema comercial hollywoodiano que também é observada em casos como no recente O PREDADOR (2018) e na versão de CAÇA-FANTASMAS (2016), toda estrelada por um elenco feminino. São todos exemplares de franquias estabelecidas e de sucesso comprovado que parecem existir, primeiramente, para um público que não tem nenhuma familiaridade com os filmes mais antigos. Há também uma preocupação de não se ter um número no título, indicando que esse novo longa não seja alguma sequência ou ‘prequel’. Continuar lendo

RESENHA: O Terceiro Olho (2017)


[Por Felipe Macedo]

A Netflix, desde seu início sempre investiu bastante no gênero horror e nos mostrou várias obras de diferentes qualidades no decorrer desses anos. O porém é que esses produtos eram unicamente americanos. Só recentemente a gigante do streaming vem colocando em seu catálogo filmes e séries de outras nacionalidades como é o caso desta produção tailandesa “O Terceiro Olho” (The 3rd Eye). Continuar lendo

RESENHA: Aterrorizados (2017)


[Por Geraldo de Fraga]

O cinema argentino tem se destacado há tempos, são inúmeros os exemplos de obras que fizeram sucesso. Você mesmo já deve ter assistido e gostado de algum. Porém, não havia ainda um longa do gênero horror que arrebatasse corações. Agora tem. Aterrorizados (Aterrados), escrito e dirigido por Demián Rugna, é esse exemplar que faltava. Continuar lendo