RESENHA: Nightflyers (2019)

[Por Jarmeson de Lima]

Os algoritmos da Netflix andam a 1000 km/h ultimamente. Meio que já deu pra sacar como é o modus operandi deles, né?! São esses dados de preferência dos usuários e as tendências de consumo mundial que estão norteando a gigante do streaming audiovisual. E quando não conseguem algo de ponta, eles apelam pra um ‘remake’ tipo o seriado de “Perdidos no Espaço” ou adaptam histórias pouco conhecidas de escritores famosos a exemplo de “1922” de Stephen King.
Continuar lendo

RESENHA: Olhos Famintos III (2017)

[Por Givaldo Dias*]

O cineasta Victor Salva possui uma filmografia no mínimo curiosa. Estreou na direção de longas com o filme “Palhaço Assassino” (exibido na TV como “Máscaras do Terror”, no saudoso Cine Trash) em 1989. Depois de passar um período preso acusado de abuso do garoto protagonista de seu filme, Salva voltou para o cinema em 1995 na direção de duas de suas melhores realizações: “Maus Companheiros” e “Energia Pura“, que considero a sua obra-prima máxima. Continuar lendo

RESENHA: Sharknado – The 4th Awakens (2016)

sharknado-4-poster

[Por Jarmeson de Lima]

Do que deveria ser uma “gréia” bem sucedida, ou um sucesso inesperado, essa coisa chamada “Sharknado” já perdeu a graça. Se o primeiro se salvava, digamos, pela sinopse inusitada, o segundo perdeu força mas ganhou alguns (poucos) pontos por conta da insistência no plot absurdo. Já o terceiro se valeu das participações especiais e pontas de celebridades e subcelebridades pra fazer algo mais requentado do que as piadas da A Praça É Nossa. E esse quarto filme da franquia, pelamordedeus… Continuar lendo

PODCAST: S04E16 – Retrospectiva Séries de TV – 2015

Que a programação da TV ao longo do ano foi um terror você já sabe. Mas aposto que não sabe a nossa opinião a respeito das séries e especiais de TV que passaram em 2015 trabalhando com o gênero horror. Nesta segunda parte de nossa retrospectiva falamos sobre as novas temporadas de séries como “The Walking Dead” e “Penny Dreadful” e ainda as estreias de “Scream Queens” e “Ash Vs. Evil Dead“. Aperte o play e acompanhe a gente agora.
Continuar lendo

TEASER: Sharknado 2 – The Second One

Preview Sharknado

É uma continuação e é pro canal SyFy. Já seria o bastante pra ninguém ver essa pérola. E além disso, é o segundo filme do fenômeno “Sharknado”. Mas como tem público pra tudo… taí: Sharknado 2!

A história, vocês já sabem, ou já ouviram falar. Um tornado feroz alcança a orla de uma cidade trazendo consigo um cardume de tubarões voando pra cima das vítimas. No primeiro filme foi na costa oeste dos Estados Unidos. Agora o massacre tubaronino vai rolar em Nova York. E tudo isso com efeitos em CGI lindos de matar de vergonha.

Se o primeiro já foi ruim, imagine esse… não botamos fé nenhuma, mas louvamos a cara de pau e o oportunismo da The Asylum e do canal SyFy em terem filmado, produzido e terminado esta uva em menos de um ano. Confira o teaser abaixo, se puder.

RESENHA: Blutgletscher (2013)

A1-Blutgletscher.indd

Por Geraldo de Fraga

Todo mundo sabe que, na história do cinema, existe uma infinidade de filmes parecidos uns com os outros. Não estamos falando de remakes ou de adaptações, apenas de uma idéia inicial que pode seguir caminhos diferentes e gerar obras independentes tendo apenas em comum um ponto de partida semelhante.

Existem vários filmes com a mesma premissa e que se valem de enredos diferentes para se manterem distantes, primando, claro, pela qualidade do roteiro. Infelizmente, não foi o que o austríaco Marvin Kren conseguiu fazer com Blutgletscher, seu segundo longa, lançado no ano passado. É impossível assisti-lo sem que as comparações com Enigma do Outro Mundo, de John Carpenter, surjam de cinco em cinco minutos. Continuar lendo

ANIMAIS: Tubarões no cinema

Estamos vivendo uma nova onda de filmes com tubarão? Depois do sucesso viral de “Sharknado”, da Asylum, eis que o canal SyFy, parceiro na trasheza, anuncia a chegada de “Ghost Shark”!

E sem falar que já fizeram vários filmes da “franquia” Mega-Shark e até um com um Tubarão de Duas Cabeças. Mas se eles tivessem ouvido nosso podcast “Terror de Animais”, saberiam que Golfinho é bem pior do que Tubarão.