DOCUMENTÁRIO: O Universo de Mojica Marins

IvanCardoso_ZedoCaixao

Em 1978, o diretor Ivan Cardoso fez um documentário sobre José Mojica Marins, o Zé do Caixão. Mas quem era Mojica em 1978? Um ser exótico, com certeza, uma aberração, um objeto não identificado dentro do cinema brasileiro ou uma simples atração de um teatro de horrores. Uma coisa é certa: ele não era levado muito a sério. E seus principais filmes estavam fora de circulação há muito tempo. Continuar lendo

SÉRIE: Zé do Caixão (2015) – Episódio 1

ze1

[Por Queops Negronski]

Quando anunciaram a produção da série de Zé do Caixão, muita gente ficou com o pé atrás, temerosos de que o produto final não ficasse à altura do artista. O tempo passou e uma fotografia em preto e branco mostrando Matheus Nachtergaele vestido como o icônico personagem ajudou a diminuir um bocado as suspeitas do público e o lançamento de um trailer, tempos depois, anulou essas suspeitas por completo, transformando-as em ansiedade: sim, queríamos todos e todas ver a história daquele que se tornaria referência para o gênero horror em todo o planeta por várias gerações e o que vimos, para o bem e para o mal, nos agradou. Continuar lendo

EVENTO: Cineclube Toca o Terror (Nov/2015) – “Exorcismo Negro”

exorcismo_negro

CINECLUBE TOCA O TERROR EXIBE FILME RARO DE JOSÉ MOJICA MARINS

Neste sábado (21/11), o Cineclube Toca o Terror retoma suas sessões mensais no Auditório do MAMAM com a exibição de “Exorcismo Negro“, obra do mais importante realizador de filmes de terror do Brasil até hoje: José Mojica Marins. A sessão ocorre às 16h e tem entrada gratuita. Continuar lendo

EVENTO: Medo e Delírio no Cinema Brasileiro Contemporâneo (BH/2014)

Encarnação-do-Demônio-(2008) cena

Entre os dias 24 de outubro e 2 de novembro, no Cine Humberto Mauro, em Belo Horizonte, acontece a mostra “Medo e Delírio no Cinema Brasileiro Contemporâneo”. Serão exibidos longas e curtas-metragens produzidos nos anos 1990 e 2000, todos contendo elementos de terror, suspense, policial ou “terrir” (horror + comédia), apresentando uma inédita e vasta amostragem de uma produção ainda pouco percebida no país.

Filmes lançados em circuito comercial vão dividir espaço com trabalhos menos conhecidos do grande público e fundamentais na evolução do gênero no país. Como ponte de ligação entre as gerações, Encarnação do Demônio (2008), filme de José Mojica Marins que encerra sua trilogia protagonizada pelo personagem Zé do Caixão iniciada em 1964, será o filme de abertura. A curadoria e coordenação da mostra são do crítico, jornalista e professor Marcelo Miranda.

A segunda edição da mostra “Medo e Delírio no Cinema Brasileiro Contemporâneo” terá ainda palestras e debates com estudiosos e especialistas em filmes brasileiros de terror e um catálogo com textos inéditos e fichas técnicas. Toda programação será gratuita com recursos da Fundação Municipal de Cultura e Lei Municipal de Incentivo à Cultura.

DOCUMENTÁRIO: Maldito (2000)

Ze_Do_Caixao_inferno

“Maldito – O Estranho Mundo de José Mojica Marins” é um documentário que faz justiça à fama, vida e obra de um dos mais conhecidos cineastas de horror do mundo. Criador do personagem Zé do Caixão, Mojica é cultuado em vários países, tendo dirigido e produzido diversos filmes no Brasil que hoje se tornaram clássicos.

O filme, que está disponível na íntegra no YouTube, tem direção de André Barcinski e Ivan Finotti e traz depoimentos inéditos de Mojica e de vários de seus associados, incluindo atores, cinegrafistas, montadores e produtores. Eles contam histórias bizarras e engraçadas sobre a carreira de Mojica, incluindo seus problemas com censura, a polícia e as limitações de produção.

O documentário ganhou Prêmio Especial do Júri no Festival Sundance em 2001 e Prêmio do Público de Melhor Filme no Festival de Documentário “É Tudo Verdade” no mesmo ano.